A visibilidade proporcionada pelas redes sociais tem sido vista por muitas pessoas como sinônimo de sucesso. Porém, quando falamos de negócios, os dados sobre o alcance às vezes não passam de métricas de vaidade.

A possibilidade de medir resultados é uma excelente ferramenta para o marketing digital, mas é fundamental saber quais informações realmente importam e demonstram que as estratégias utilizadas estão obtendo resultado.

É interessante para a empresa ver o número de sua audiência subindo, especialmente se ela possui uma equipe responsável pelo marketing e um social media para cuidar de sua marca nas redes sociais. Apesar disso, é preciso atentar para o fato de que um relativo sucesso online não garante aumento nas vendas e geração de oportunidades de negócios.

Continue lendo e confira o que são as métricas de vaidade e quais métricas realmente importam!

O que são métricas de vaidade?

Um número alto de visualizações em uma postagem, por exemplo, não determina quantas pessoas entraram no site da empresa, assim como a quantidade de seguidores não determina quantos se tornaram clientes do negócio.

Essas métricas mostram a audiência do conteúdo veiculado, mas não os resultados obtidos com o marketing digital. Dentre as principais métricas de vaidade, podemos destacar:

Likes

O número de curtidas não é suficiente para indicar que uma campanha nas mídias sociais foi bem-sucedida. Um like pode significar apenas que a pessoa se identificou com a publicação ou simplesmente com uma pequena parte dela, como um detalhe na foto ou o título.

Por ser um número vazio, os likes são considerados uma perigosa métrica de vaidade, já que aparentemente remetem ao sucesso da postagem.

É importante ter em mente que não é por que uma pessoa curtiu uma postagem que ela vai necessariamente comprar um produto ou contratar um serviço de sua empresa.

Downloads

Especialmente para quem lançou um aplicativo há pouco tempo, o número de downloads tem importância, mas esse é um dado que não deve ser observado de maneira isolada. É fundamental cruzar informações, de modo que se tenha um panorama mais claro sobre os resultados do conteúdo ofertado.

A quantidade de downloads não aponta diretamente para usuários pagos e faturamento, além disso, a taxa de desinstalações pode gerar custos transacionais para a empresa. Portanto não basta focar no número de downloads e esquecer outros dados relevantes.

Cliques

A taxa de cliques é outra métrica que pode ser considerada uma vaidade, pois saber a quantidade de pessoas que está clicando para acessar um site não tem muito valor sem uma finalidade por trás desse ato.

O clique da audiência realmente importa se há uma conversão ou se, pelo menos, o visitante permanece um bom tempo na página. Quando isso não ocorre, é necessário avaliar se o que foi encontrado por ele condizia com a chamada.

De qualquer modo, essa taxa pode servir para apontar erros no processo de compra ou na landing page, que fazem com que as pessoas cliquem nos links e, no entanto, não fechem negócio.

Compartilhamentos

Assim como as curtidas, essa é outra métrica que pode parecer significar o sucesso de uma publicação, mas não necessariamente representa sucesso da estratégia, já que muitas pessoas compartilham por causa da mensagem transmitida sem considerar o real objetivo da postagem.

O ponto positivo do compartilhamento é a ampliação do alcance da publicação, porém, mesmo que seu conteúdo esteja sendo levado para mais pessoas, não quer dizer que esteja sendo visto pelo seu público-alvo, ou seja, potenciais clientes.

Seguidores

Ter um grande número de seguidores nas redes sociais é muito bom para uma marca, mas não tem nenhum significado, porque nem sempre todas aquelas pessoas estão interessadas no negócio.

Quais métricas realmente importam?

Agora que você entendeu as métricas de vaidade, deve estar se perguntando quais são, afinal, as métricas para verificar o sucesso das estratégias de marketing digital.

Visitantes únicos

O número de visitas na página não é um dado muito relevante, já que a mesma pessoa pode visitar diversas vezes e aumentar essa taxa. Visitantes únicos são pessoas que foram acrescentadas à audiência do site e não visitas que estão retornando.

Apesar disso, é interessante saber que pessoas estão retornando ao site, pois significa que o conteúdo está retendo a atenção. Mas é essencial que a audiência se mantenha renovada, tendo sempre novos visitantes.

Leads gerados

Em marketing digital, um lead é um potencial consumidor, que demonstrou interesse no produto ou serviço ofertado pela empresa. Na maioria das vezes acontece por meio do preenchimento de formulários com seus dados para receber algum conteúdo ou com a assinatura da newsletter.

Como um lead se torna parte do funil de vendas e alvo do trabalho da equipe de marketing,  por se tratar de alguém que está ao alcance da empresa, a quantidade de leads gerados é uma métrica muito importante.

Clientes adquiridos

Se o principal objetivo da empresa com suas estratégias de marketing digital é conseguir novos clientes, é essencial medir a taxa. Esse número diz respeito à parcela dos leads gerados que finalizaram uma compra, adquirindo o produto ou serviço oferecido.

Conversões no funil de vendas

Quando uma pessoa se inscreve na newsletter da empresa ou faz o download de um material rico disponibilizado, quer dizer que entrou para seu funil de vendas. Então o passo seguinte deve ser descobrir em qual etapa ela está para que sejam ofertados conteúdos que a movimentem pelo funil.

É importante lembrar que a conversão não necessariamente precisa ser uma venda, mas o que foi estabelecido como objetivo da campanha de marketing.           

LTV

A sigla vem do termo em inglês Lifetime Value, que indica quanto um cliente realmente vale para a empresa. Por exemplo, um cliente que faz uma assinatura de um serviço por um ano, pagando uma mensalidade de R$ 50, tem um LTV de R$ 600.

Especialmente para e-commerces, onde é mais fácil vender para um cliente que já comprou antes, um cliente retornando tem menor custo com lead e maior lucratividade, ou seja, um maior LTV.

Como foi possível ver, as métricas de vaidade são indicadores importantes, porém não é correto se basear apenas nelas para definir se a empresa está realmente crescendo ou não.

Agora que você já sabe tudo sobre o assunto, confira nosso artigo que mostra como sua empresa pode ter uma estratégia de marketing digital eficiente.