Estar nas redes sociais requer um plano de gestão para uma atuação estratégica e que realmente traga os resultados que a empresa espera. Além de um bom estudo de personas, da construção de conteúdo relevante e consistente é preciso pensar também na distribuição desse conteúdo nas redes. 

Engana-se quem pensa que estamos falando apenas a respeito de postar. A questão é mais profunda e passa por estudo dos canais, características, alcance de cada rede, políticas e mecânicas de anúncios e assim por diante. Atualmente, o alcance orgânico das redes sociais vem diminuindo bastante, o que gera a necessidade de se investir em alternativas mais específicas de publicação, como Linkedin Pulse —  e até determinada verba para estimular e ampliar a visibilidade das publicações e o engajamento do público. 

Com a facilidade de criar anúncios em plataformas como Google Adwords e Facebook Ads, muitas vezes o composto de estratégia necessária corre o risco de ficar de lado. E é neste ponto que se perde tempo e verba. Por isso, é essencial entender os atributos e recursos dos canais para aproveitar o melhor de cada um para seus negócios.

Mas, como saber qual opção é mais efetiva para sua empresa? Todas funcionam com mesmo objetivo? Fique tranquilo! Vamos lhe ajudar a entender as possibilidades existentes nas redes sociais e como diferenciar duas das principais plataformas para difusão do seu conteúdo. Facebook Ads e Linkedin Pulse. Vamos lá. 

Considere o perfil de sua empresa, das redes e de seu público

Com o avanço das tecnologias digitais, do acesso a celulares e tablets e à internet, não é mais possível para as empresas dizer que têm presença digital sem estarem nas redes sociais. Com destaque para Facebook, Instagram, Linkedin e Youtube. 

De fato, as redes sociais trazem possibilidades incríveis, como diálogo direto com o público, levantamento de dados, ROI mais concreto. Porém, para que se alcancem todos esses benefícios, é preciso que a sua empresa esteja nas redes certas. Isto é, nas plataformas que tenham forte presença do público específico, que tenham características coerentes com a identidade da empresa e que seja capaz se comunicar de modo estratégico. 

Por exemplo, se o seu conteúdo é mais complexo, precisa de mais explicações e profundidade, a praticidade do Twitter pode não lhe ser útil. Já se você trabalha com moda, o Instagram é fundamental para expor as fotos dos produtos. 

Então, antes de pensar em um orçamento, pesquise sobre o seu público, avalie o perfil da sua empresa e o potencial de cada rede social. 

Defina os objetivos de sua campanha 

Outro ponto importante é saber qual é o objetivo da sua campanha. Este tópico segue a lógica do anterior em relação a perfil da rede e o que sua empresa pretende. 

Há uma infinidade de temas e motes para se criar um anúncio. Pode ser uma campanha de vendas, uma ação institucional para reforço e valorização da marca, anúncio de vaga de emprego, lançamentos. 

Quanto mais específico seu anúncio for, mais efetividade ele terá. E com o objetivo bem delineado, você terá mais facilidade de encontrar a melhor plataforma para investir sua verba de anúncio. Um exemplo: o Linkedin é uma rede totalmente voltada para assuntos profissionais, qualificações, grandes feitos das empresas. Tem um tom mais formal. 

Aquele anúncio descontraído, com memes e jargões da internet são incoerentes com essa rede, mas caem bem para o Facebook. Essa é a linha de raciocínio. 

Entenda o Facebook Ads e o Linkedin Pulse 

Como apresentamos anteriormente, cada rede tem um potencial específico que pode ser aproveitado para fortalecer o marketing e a comunicação digital dos seus negócios. Ressaltamos que elas não são excludentes, podem ser complementares, desde que as devidas adaptações sejam realizadas. 

Assim, confira as principais características de cada serviço para fazer a melhor escolha.  

Facebook Ads

No Brasil, a rede social mais acessada é o Facebook. É importante que sua empresa esteja lá. Temos acompanhado uma queda brusca no alcance orgânico da rede, mas, ainda assim, a abrangência é alta, por isso vale a pena investir. 

O Facebook Ads é o "campo" de anúncios do Facebook e é lá que se encontram os gerenciadores de campanhas, assim como recursos excelentes, tais como seleção bem certeira do público, da localização geográfica, interesses pessoais, entre outros. 

Uma das vantagens do Facebook Ads é que os anúncios não têm aquele tom de propaganda pura e simples para vender ou chamar a atenção dos clientes. As publicações de anúncio são expostas junto a outros posts, o que causa uma sensação de naturalidade para o usuário, pois ele não é interrompido de sua navegação. 

Trata-se de uma alternativa ampla, com possibilidade de abordar os mais diversos assuntos e de se comunicar com um altíssimo volume de pessoas. Esse serviço do Facebook permite levantar diversos dados, entre eles: 

  • alcance da campanha;
  • custo por clique;
  • engajamento do público;
  • ações. 

Linkedin Pulse

Diferente do Facebook, o Linkedin é uma plataforma direcionada, com foco voltado para o mundo do trabalho. É um ambiente mais formal, onde as conexões têm muito mais o sentido de networking do que de amizade. 

A eficiência do Linkedin está em poder se conectar com profissionais que podem fazer parte da sua equipe, acompanhar tendências corporativas do setor e se inspirar em influenciadores do seu mercado. A informação vem mais "filtrada" para as páginas de empresas e para os usuários. 

E o Linkedin Pulse? É um recurso da plataforma, que permite que usuários publiquem artigos relacionados aos mais diversos assuntos relacionados ao mundo empresarial. 

Ele possui uma ferramenta que funciona com um filtro de preferências, de modo que o usuário tem acesso prioritário ao que lhe interessa mais. 

Para as empresas, a utilização do Linkedin Pulse é uma oportunidade de mostrar aos usuários a base de conhecimento, a expertise e as competências especiais. Em suma, é mais uma ferramenta para trabalhar a construção da autoridade da sua empresa no ambiente online. E ainda, permite estimular o engajamento interno, uma vez que você precisará escolher os colaboradores que farão as publicações, como um representante da empresa. 

Viu só? Tanto o Linkedin Pulse quanto o Facebook são essenciais para sua estratégia de marketing digital. O diferencial na hora de utilizar é entender cada um dos recursos e utilizá-los da forma mais benéfica para sua empresa. 

Agora que você já entendeu melhor como eles funcionam, compartilhe com seus contatos em suas redes sociais.