Os termos em inglês fazem parte do universo do marketing e são usados constantemente por quem trabalha com isso. Muitos materiais dessa área são produzidos nessa língua e, por isso, é importante que os profissionais se atentem para essas expressões e as suas correspondentes em português.

Pensando em ajudá-lo nessa missão, separamos 12 desses termos para você entender agora. Acompanhe!

1. Benchmarking

Prática de estudar o mercado, a concorrência e os parceiros com o objetivo de aperfeiçoar os próprios resultados. A partir da observação, desenvolvem-se maneiras de otimizar processos, produtos, procedimentos etc.

Também pode ser visto como uma meta, um valor a ser atingido ou um parâmetro de comparação. Por exemplo, os resultados de um ano podem servir como benchmarking para o ano seguinte.

2. Branding

O trabalho de branding envolve a gestão de uma marca como um todo. Fazer branding significa tomar medidas e adotar estratégias para fortalecer a marca, torná-la mais conhecida e mais respeitada no mercado.

3. Briefing

Conjunto de diretrizes e informações a respeito de uma tarefa a ser realizada. Esse termo em inglês pode ser substituído por “instruções”.

4. Budget

É simplesmente a verba ou orçamento disponível para uma campanha, contratação, evento etc.

5. Call to Action

Geralmente abreviado como CTA, essa expressão significa “chamada para ação” e é uma parte importante de muitas campanhas de marketing e publicações online ou offline.

É aquele convite para que o visitante, leitor ou contato tome uma atitude. Essa ação pode ser ligar para a empresa, finalizar uma compra, aproveitar uma promoção, escrever um comentário etc.

6. Deadline

Também conhecido entre os termos em inglês do marketing, o deadline nada mais é do que um prazo de entrega. Quando falamos que o deadline precisa ser cumprido, queremos dizer que não pode haver atrasos na finalização de uma tarefa ou projeto.

7. Growth Hacking

Prática de procurar oportunidades e brechas para promover um crescimento rápido. Geralmente, isso é feito por meio de testes e experimentos.

O profissional que trabalha com isso, o Growth Hacker, se dedica a desenvolver processos, estratégias e esforços que levem ao crescimento.

8. Inbound Marketing

Muitas vezes chamado apenas de Inbound ou traduzido como marketing de atração, é oposto ao marketing tradicional, chamado de Outbound. No Outbound, a empresa procura o cliente por meio de anúncios.

No Inbound, a ideia é que o cliente encontre a empresa no momento que precisar dela. Isso é feito por meio da criação de conteúdo relevante e da construção da autoridade da marca. Você já pesquisou uma dúvida no Google e encontrou a resposta num blog corporativo? Isso é marketing de atração.

9. Insights

Mais uma palavra que tem seus equivalentes em português, mas acaba sendo utilizada em inglês. Insights são ideias, visões ou uma percepção súbita sobre um assunto, quase uma epifania. É um entendimento que a pessoa ou companhia não tinha e agora passou a ter.

10. Layout

Um layout é a forma de distribuição e organização de informações, imagens e outros elementos em qualquer peça gráfica, página da internet e outros tipos de publicação.

Quando um designer faz o layout de um site, por exemplo, ele define o posicionamento e o tamanho dos objetos presentes na página.

11. Lead

É uma pessoa que conheceu a sua empresa e deixou alguma informação sobre ela, iniciando uma relação. Esse contato pode ser feito online, como comentários em blogs e redes sociais, envio de e-mails, ou offline — por exemplo, quando o lead conhece o seu negócio em uma feira ou evento.

12. Stakeholder

Os stakeholders são os interessados nas ações e resultados de um negócio. Podem ser, por exemplo, os acionistas ou donos, clientes, funcionários ou a comunidade no entorno da empresa.

Como você viu, alguns termos em inglês são difíceis de serem traduzidos porque foram originados nessa língua. Em contrapartida, alguns possuem seus equivalentes em português, mas acabam sendo usados em inglês por modismo.

Os termos em inglês são importantes para o marketing. Porém, se usados em excesso, esses chavões podem gerar desentendimentos e dificultar a comunicação.

E aí, gostou das dicas? Quer saber como criar uma comunicação simples e eficiente para a sua empresa? Então, não perca mais tempo e entre em contato conosco!